Formulário de Busca
FG

Julgamento na 2ª Turma do STF é adiado

Ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia votaram contra libertação do ex-presidente. Pedido de vista (mais tempo para analisar processo) de Gilmar Mendes adiou conclusão do julgamento.

Publicado em 04/dezembro/2018 - 18:28

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Após dois votos contrários à libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Gilmar Mendes pediu vista (mais tempo para analisar o processo) e adiou a conclusão do julgamento na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal(STF).

Antes do pedido de Gilmar Mendes, Edson Fachin (relator) e Cármen Lúcia tinham votado contra a concessão de liberdade a Lula e contra a anulação dos processos relacionados a Lula nos quais Sérgio Moro atuou como juiz federal. Os dois pedidos foram feitos pela defesa de Lula. Além do voto de Gilmar Mendes, faltam os de Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Não há data para o julgamento prosseguir.

Gilmar Mendes afirmou que se trata de “matéria controvertida e que tem dado ensejo a debates na imprensa nacional e internacional”. O ministro argumentou que, embora a Corte já tenha discutido diversos temas relacionados no habeas corpus, outros “fatos novos” ainda não foram debatidos. “Considerando a importância do tema, eu vou pedir vista”, disse.

Os advogados de Lula apresentaram o pedido de liberdade depois de Sérgio Moro, ainda como juiz responsável pela Lava Jato, ter aceitado o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser ministro da Justiça. Para a defesa, a aceitação do convite comprova parcialidade de Moro na condenação do ex-presidente. Lula se diz inocente.

Lula está preso desde abril deste ano. O ex-presidente foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro em processo da Operação Lava Jato a 12 anos e 1 mês de prisão. A sentença foi do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, que ampliou a pena originalmente determinada por Moro (9 anos e 6 meses de prisão).

Por G1

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Vereador Gilvan Crente parabeniza Carinhanha pelos 110 anos de emancipação

Vereador Gilvan Crente parabeniza Carinhanha pelos 110 anos de emancipação

Enquete

Como você avalia os vereadores Malhada






Resultado parcial

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados | WOWF