Formulário de Busca

Carros de som tiram o sossego de moradores de Carinhanha

A Portaria baixada pela então juíza de Carinhanha em 2014, regulamenta o uso de som automotivo na comarca. O documento, assinado pela magistrada e já publicado, versa sobre a proibição de uso de som de veículos automotores acima do tolerável.

Publicado em 31/outubro/2019 - 06:40

Comerciantes da região Central de Carinhanha, no oeste da Bahia, estão pedindo providências em relação à perturbação, poluição sonora e ambiental. Os queixosos afirmaram à Folha do Vale na tarde de quarta-feira (30), que os carros de som estão circulando acima do limite recomendado por especialistas que é de 80 decibéis (dB).

Para os comerciantes ouvidos pela reportagem, diante do barulho excessivo provocado pelos veículos de publicidade, eles estão fazendo um abaixo-assinado. O documento será entregue na Câmara Municipal, solicitando providencias por parte dos vereadores.

De acordo com os moradores, os proprietários dos carros de som se recusam a baixar o volume dos aparelhos nas proximidades das escolas, Fórum e do Hospital Maria Pereira Costa (Dona Quinha).

Em maio de 2014, a então juíza Thielly Dias de Alencar Pithan, baixou uma Portaria regulamentando o uso de som automotivo na comarca. O documento, assinado pela magistrada e já publicado, versa sobre a proibição de uso de som de veículos automotores acima do tolerável. A juíza levou em consideração, entre outros motivos, as constantes reclamações a respeito de veículos particulares que estariam utilizando aparelhagem de som em volumes muito altos, perturbando a paz e o sossego das pessoas.

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Divulgação

Pré-candidato à prefeitura de Malhada anuncia primeira Live para 30 de maio

A entrevista acontece no dia 30 de maio, às 19h, na sua página oficial do Fecebook.

Enquete

Você acha que o isolamento social evita o avanço da Covid-19?





Resultado parcial

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados | WOWF