Formulário de Busca
FG

Carinhanha completa 110 anos neste sábado (17)

A cidade desfrutando de belíssimas diversidades naturais símbolos da cidade, como os rios São Francisco e Carinhanha.

Publicado em 17/agosto/2019 - 07:38
Divulgação

A cidade de Carinhanha, no Oeste da Bahia, celebra neste sábado (17), 110 anos de independência. A história de iniciou com a chegada do famoso bandeirante Manuel Nunes Viana, após vencer os índios caiapós. A cidade desfrutando de belíssimas diversidades naturais símbolos da cidade, como os rios São Francisco e Carinhanha.

Conforme informação da secretaria de Cultura, para celebrar os 110 anos de Carinhanha, foi preparada uma grande programação com shows no Parque de Exposições. Na noite de hoje se apresentam  Devison Ferraz, Dong Boy e Maninho Vaqueiro.

De acordo com o historiador Honorato Ribeiro dos Santos (Zé de Patrício), os primitivos habitantes do território foram os índios caiapós, os quais tinham aldeias localizadas nas terras onde hoje se encontra a cidade de Carinhanha. Ele ressalta que até antes de 1712, nunca havia entrado um homem civilizado. Depois dessa data o famoso bandeirante Manuel Nunes Viana, vencedor dos paulistas, na Guerra dos Emboabas.

O bandeirante buscava  pelo rio das Velhas, mas  antes  atingiu a margem esquerda do rio São Francisco e indo para o sul atravessou o mesmo na confluência com o rio Carinhanha ou Carunhenha, onde encontrou um aldeamento de índios, resultando numa luta sangrenta e fracasso dos índios. A partir daí o bandeirante fixou base para suas conquistas, local que posteriormente veio a ser o centro de intercâmbio entre a Bahia e o estado de Minas Gerais.

Segundo Zé de Patrício, existe relatos que muitos queriam o nome do local fosse “Carunhannha”, isto é, “loca de sapo”, entretanto, a maioria atribui o topônimo indígena à grande quantidade de aves de nome Carunhenha existente no lugar, hoje raramente encontradas nas margens das lagoas. Outros já dizem que o nome é derivado de uma índia de nome Nhanha com a junção de um peixe, carí, dando assim o nome então de Cainhanha.

 Em 1832, o “julgado” de São José de Carinhanha, pertencente à Comarca do Rio São Francisco foi elevado à categoria de vila, sendo criado também o município, com território desanexado do território de Barra do Rio Grande. Sua sede recebeu foros de cidade em 1909.

Redação www folhadovale.net

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Feira Agropecuária de Iuiú irá acontecer neste final de semana

A Feira Agropecuária de Iuiú é realizada pela prefeitura Municipal, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente (SEAMA) com apoio da Câmara Municipal.

Enquete

Como você avalia os vereadores Malhada






Resultado parcial

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados | WOWF