Formulário de Busca

Cangaceiro Bem-te-vi foi enterrado em Carinhanha

Em Carinhanha, o jornalista entrevistou senhor conhecido como “Virgilinho”, que deu abrigo a Bem-ti-vi. Além de Virgilinho, outro depoimento importante foi do comerciante Jorjão do Bar, que contou a história que Bem-ti-vi repetiu inúmeras vezes sobre Lídia e Zé Baiano.

Publicado em 28/outubro/2019 - 10:13
Jornalista Robério Santos na sepultura de Bem-te-vi na cidade de Carinhanha,no sábado (26). Foto: Reprodução de Robério Santos

Vinte e oito anos depois o jornalista e pesquisador Robério Santos localizou no cemitério Senhora Santana, na cidade de Carinhanha, no oeste da Bahia, o túmulo em que foi sepultado Demócrito, que no cangaço tinha o nome de guerra de Bem-te-vi. Ele viveu na cidade como Benedito Bacurau até o ano de 1991, quando faleceu de causas naturais, com pouco mais de 80 anos.

Conforme o blogueiro Sérgio Silva, em 2016 ele conversou com o jornalista e sinalizou que o famoso cangaceiro Bem-ti-vi poderia ter sido enterrado na cidade ribeirinha, momento que pesquisador iniciou um trabalho até encontrar relatos importantes no livro do escritor Wilson Lins, o qual citava o cangaceiro.

Em Carinhanha, o jornalista entrevistou senhor conhecido como “Virgilinho”, que deu abrigo a Bem-ti-vi. Além de Virgilinho, outro depoimento importante foi do comerciante Jorjão do Bar, que contou a história que  Bem-ti-vi repetiu inúmeras vezes sobre Lídia e Zé Baiano.

De acordo com relatos do pesquisador, assim que fugiu do estado de Sergipe em julho de 1934, Bem –te-vi ficou escondido na cidade de Iuiú,posteriormente foi morar em Carinhanha.Ele teria tido um caso com Lídia,companheira do cangaceiro mais temido Zé Baiano.

Em conversa com o portal Folha do Vale, Robério afirmou que antes de se esconder em Carinhanha, o cangaceiro Bem-te-vi  teria feito parte de um outro grupo de cangaceiro como “Jacaré”.

“Ele ainda morou um tempo na cidade de Juazeiro, no Norte da Bahia, até se mudar para Iuiú,posteriormente Carinhanha. Essa história não é novidade na cidade, principalmente para o pessoal que conviveu com ele. Em Carinhanha ele montou uma sapataria e não se casou”,disse Robério.

Segundo o site Lampião Aceso, o cangaceiro Coqueiro se apaixonou por Lídia. E sempre a seguia e presenciava a cangaceira mais linda transando sob as moitas de cipó de leite com o seu amado secreto Bem-te-vi quando das viagens de Zé Baiano.

Edição:

Comentários

Fretamento

Eventos

Convite

Festa do Jeans acontece dia 26 de dezembro em Montalvãnia

Festa do Jeans acontece dia 26 de dezembro em Montalvãnia,no Clube Camponês.O evento elege o garoto e a garota Jeans.

Enquete

Como você avalia os vereadores Malhada






Resultado parcial

CBR
© 2010-2018 Folha do Vale - Todos os direitos reservados | WOWF